Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Novos nomes do Grupo de Trabalho para ações em resposta aos impactos relacionados à pandemia da Covid-19 incluem ITI
Início do conteúdo da página

Novos nomes do Grupo de Trabalho para ações em resposta aos impactos relacionados à pandemia da Covid-19 incluem ITI

Publicado: Quinta, 02 de Julho de 2020, 14h29

O governo federal montou a composição do Grupo de Trabalho para a Coordenação de Ações Estratégicas de Tecnologia da Informação, em resposta aos impactos relacionados à pandemia da Covid-19. Instituído em maio, o GT ganhou nomes nesta semana, entre eles, o do Diretor-presidente do O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação - ITI, Carlos Fortner.

Esse GT tem o objetivo de apoiar o Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Covid-19 nos assuntos referentes ao uso de tecnologias da informação e comunicação para o combate aos efeitos do Covid-19, além de receber, avaliar e selecionar propostas de soluções e parcerias com a sociedade civil que envolvam o uso intensivo de tecnologia da informação e comunicação.

Para Carlos Fortner, a participação do ITI reforça a importância do certificado digital para garantir confiabilidade, transparência, eficiência, integração e inteligência no trato de todo tipo de processo digital. “Atuando como suporte tecnológico na política pública de Governo Digital, o ITI está alinhado com os demais entes da administração pública federal a serviço do cidadão, sempre com o objetivo de promover um governo mais eficiente e em dia com o novo mundo digital. O cenário pós pandemia trará transformações profundas nas relações humanas e o certificado digital assume um papel essencial para facilitar a vida de todos”, destaca.

Coordenado pelo secretário de governo digital Luis Felipe Monteiro, o GT é integrado por titulares e suplentes da Casa Civil, Secretaria-Geral da Presidência, Gabinete de Segurança Institucional, dos ministérios da Saúde e de Ciência , Tecnologia e Inovações, Anvisa, Abin, ITI, além das estatais de TI Serpro e Dataprev. Os nomes podem ser conferidos aqui.

Fim do conteúdo da página